Pesquisa do Blog

7 de mar de 2010

Evitando Gafes

Todo mundo sabe que colocar o cotovelo na mesa numa refeição formal não é nada elegante, mas há muito outros detalhes além do seu cotovelo. Veja o que é ser elegante, e fuja das gafes. O bom comportamento em casa ou em qualquer lugar te torna mais seguro, até mesmo nos momentos mais constrangedores, te deixando mais à vontade e com o controle da situação.

Sentar-se à mesa
É a dona da casa quem dá o sinal para que os convidados se levantem e sigam para a mesa. Chegando à mesa, espere que ela lhe diga qual o lugar que deve ocupar.
Não faça -
Não demore demais para atender ao chamado. Mas também não se precipite e nem se sente no primeiro lugar que lhe agradar, como no lugar da dona da casa, que é a cadeira da extremidade.



Os talheres parecem instrumentos cirúrgicos! O que eu faço?

Tudo é arrumado na mesa para auxiliá-lo durante a refeição e os talheres são distribuídos na ordem de seu uso, de fora para dentro. Portanto, vá utilizando naturalmente os mais próximos do seu alcance. Mas, se alguma dúvida persistir, espere um pouco e observe alguém.

Não faça -
Não pegue um talher para depositá-lo imediatamente ou trocá-lo por outro, nem faça comentários em voz alta sobre qual talher deverá ser usado.

Como se comportar
Limpe discretamente a sua boca antes de usar os copos para evitar que manchas de comida fiquem no copo, isso poderá causar efeitos desagradáveis em quem estiver próximo de você. Quanto aos talheres, segure a faca com a mão direita, com o dedo indicador mais próximo da lâmina sem encostar, e, enquanto estiver utilizando a faca, maneje o garfo com a mão esquerda. Tratando-se de uma comida que não necessite ser cortada, utilize o garfo com a mão direita. Os alimentos são cortados à medida que se come. E a sopa se toma com a colher de lado, e não colocando a ponta na boca.
Não faça - Picar todos os alimentos para depois comê-los só com o garfo ou colher, lembre-se que você não está num boteco. Ficar "passando" com os talheres da mão direita para esquerda ou vice-versa. Não beber a água, ou o vinho todo de uma vez. Não sopre a sopa para esfriá-la.


Eu versus Comida
Parece que inventaram alimentos para criar vexame, mas tenha calma você não precisa se sentir um cirurgião com tantas ferramentas na mesa à sua frente. Não se deixe intimidar. A salada deveria vir em pedaços de dimensão ideais, mas caso isso não ocorra, corte as folhas com o garfo ou dobre-as sempre com garfo. A forma correta de se comer um coquetel de camarão é usando a colher para o molho e pedacinhos de camarão e a mão para os camarões maiores (sim, comer com a mão nem sempre é gafe). Mamões e melões cortados ao meio comem-se com a colher.
Não faça - Evite "lutar" com a comida, demonstrando esforço ao cortar ou erguendo muito os cotovelos. Não se debruce sobre o prato, leve o garfo até a sua boca. Não se sirva de grandes bocados de cada vez como uma folha de alface inteira. Não faça ruídos ao mastigar. Não fale de boca cheia. Se houver uma comida de que você não gosta ou não quer se arriscar, não a recuse; sirva-se de uma porção mínima, coma o que puder e deixe o resto no prato, ou seja, disfarce, diga que está em regime. Porém, com certos alimentos como a alface, seria péssima idéia dizer que está de regime para evitá-la.


O bate papo à mesa
Se você estiver conversando, dê um tempo para a sua mastigação, antes de falar qualquer coisa, para evitar que pedaços de alimentos respinguem na cara da pessoa que está ao seu lado.
Não faça - Não converse só com a pessoa mais conhecida ou mais bonita (o). Não fale alto demais e jamais dê risadas escandalosas, principalmente quando estiver com comida na boca. E não fale sempre com o rosto voltado para o prato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário