Pesquisa do Blog

28 de nov de 2010

Anatomia do Bolo Perfeito

Entenda tudo sobre os ingredientes que você utiliza para o preparo de seu bolo, e o que deu de errado com ele.

Os Ingredientes:
1.A Gordura (margarina ou manteiga) – faz o bolo ficar macio, atenuando a ação da farinha. Para que as gorduras fiquem bem misturadas, devem ser batidas energicamente com o açúcar. O excesso de gordura pode deixar o bolo pesado, compacto, indigesto. No entanto, a falta de gordura faz com que o bolo fique seco, duro.
2.O amido de milho – deixa à massa leve, mais leve que a farinha de trigo, e vai permitir que seu bolo fique mais macio e saboroso.
3.O Açúcar – na  maioria das receitas, deve ser batido com a manteiga, pois da combinação destes dois elementos resulta a maior delicadeza da massa. Porem, o excesso de açúcar faz o bolo ficar com textura desigual, levemente grossa, impedindo seu crescimento.
4.Os Ovos – as gemas ajudam a estabilizar, dar liga à massa. Devem ser batidas com o açúcar e a manteiga. A s claras que dão leveza à massa devem ser batidas em neve para fornecer maior quantidade de ar. Só devem ser acrescentadas à massa no final, delicadamente, para que o ar não se perca.
5.O Fermento – o fermento em pó deve ser acrescentado só no final da preparação para que sua ação não seja enfraquecida, pois começa a agir quando entra em contato com os líquidos frios ou quentes.
6.O Óleo – o óleo além do sabor, impede que o glúten se forme, pois vai envolver as proteínas da farinha, impedindo que elas se liguem entre si. Vai portanto contribuir para o bolo ficar mais macio.
7.O Leite – o leite vai fornecer água para além da existente nos ovos, que vai contribuir para tornar o bolo mais úmido e gostoso.
8.A Água - quando feito com água, o bolo fica mais leve e não tão pesado e nutritivo como quando feito com leite.Também para quem é alérgico ao leite, ou para quem não goste de leite, sempre tem como opção a água .
9.O Leite e a Água morna – a água ou o lente morno ativa o efeito do fermento que vai na massa, produzindo milhões de bolhinhas, portanto contribui para tornar os bolos mais leves.
10.O Bicarbonato de Sódio – como o fermento ele serve para fazer o bolo crescer, ele é também adicionado junto com o fermento para neutralizar alguns ácidos na receita (vinagre, iogurte, chocolate, etc) e para adicionar maciez. Mas para o bolo crescer melhor prefira sempre o fermento. O bicarbonato serve também para realçar a cor do bolo principalmente em bolos de chocolate.
11.Recheio e Cobertura – até os mais simples bolos se transformam em grandes super-receitas quando recebem um delicioso recheio. E se tiverem um acabamento caprichado, melhor ainda, pois podem até virar bolo de festa. Branquinho, brigadeiro, leite condensado, doce de leite são algumas sugestões que podem incrementar a sua receita. Ah, importante: o bolo deve estar completamente frio para receber recheio ou cobertura. E também deixe esfriar a cobertura e o recheio por cerca de 2 horas na geladeira antes de usa-los.

Problemas:
1.Um bolo afundado no meio:
-Excesso de líquido
-Insuficiência de qualquer dos ingredientes secos
-Excesso de açúcar ou fermento (a massa escurece)
-Temperatura do forno alta demais
-Porta do forno aberta antes do tempo mínimo de cozimento
-Mistura leve colocada em fôrma grande e funda
2.Um bolo “solado” (achatado):
-Fermento vencido ou em pouca quantidade
-Líquido em excesso ou ovos em falta
-Pouca massa para uma fôrma grande
-Quantidade insuficiente de açúcar
-Mistura muito batida após inclusão da farinha
-Excesso de farinha
3.Um bolo compacto, pesado:
-excesso de gordura
4.O meio mais crescido e a superfície achatada:
-Forma colocada em grade muito alta
-Temperatura excessiva, formando rapidamente uma crosta sobre a massa.
5.Pão-de-ló com superfície irregular/rachada:
-Forma pequena
-Excesso de fermento
-Forno quente demais
-Massa assada em excesso


 Fonte: Receita Perfeita

Nenhum comentário:

Postar um comentário