Pesquisa do Blog

27 de jul de 2011

Shantala para Bebê - Parte 1

A Shantala é uma técnica indiana milenar, técnica de massagem indiana que traz benefícios para os desenvolvimentos físico, motor e até emocional dos bebês a partir de um mês de idade. Ideal para ser praticada pela manhã ou ao entardecer, a massagem é feita com óleo neutro para evitar alergia, de preferência óleo de coco no verão (por ser mais fresco), e óleo de amêndoas doces no inverno, desde que a criança não esteja com sono, com fome ou chorando muito. Também é desaconselhável começar uma sessão logo depois da mamada (é importante esperar pelo menos meia hora depois que o bebê mamou no peito ou uma hora, se ele tomar mamadeira – tudo para evitar que o pequeno regurgite).

Vale reservar um tempo só para a shantala, de modo que a mãe não seja interrompida e possa seguir o passo-a-passo da técnica até o fim. Só a interrompa para atender às necessidades do bebê – um xixi, por exemplo. Se o bebê estiver gripado, com febre ou outro sintoma, a prática deve ficar suspensa. Caso ele durma, deixe a massagem para outro momento. Especialmente no verão, se a pele dele estiver sensível ou com brotoejas, evite a massagem e o uso de óleo.


Como a criança deve ser massageada sem roupa, cheque se o ambiente está silencioso e aquecido, com uma temperatura agradável, principalmente no inverno (vale apena
 aquecer as mãos em água morna antes de iniciar a massagem).
O toque é firme, de modo que a mãe sinta a musculatura do bebê, mas a intensidade precisa ser confortável para os dois. Utilize óleo vegetal puro (de preferência os de farmácias de manipulação), para ajudar a esquentar as mãos e facilitar o deslizamento pelo corpo da criança.

Para as crianças que têm refluxo, é sempre bom colocar uma almofada sobre as pernas da mãe para que a cabecinha não fique tão baixa. Além disso, procure se proteger com uma fralda de algodão bem macia – afinal, quando o bebê relaxa, o intestino tende a funcionar.


O estado emocional de quem aplica a shantala influencia o bem-estar do pequenino. Por isso, em dias tensos, a sugestão é que, antes de pôr as mãos à obra, a mãe tome um banho relaxante.

Confira agora o passo-a-passo de como fazer a shantala no seu bebê, e perceba todos os benefícios que ela proporciona a seu filhote:
- aliviará ou prevenirá gases, cólicas ou prisão de ventre
- ativa a circulação sanguínea e linfática
- amplia capacidade respiratória
- aumenta resistência imunológica
- auxilia no desenvolvimento motor
- auxilia no crescimento físico, e favorece o ganho de peso
- promove o relaxamento e acalma o bebê
- diminui o stress principalmente na faze da dentição
- e proporciona um soninho gostoso e tranqüilo
- o bebê desenvolve atenção para o próprio corpo, e os pais aprendem a conhecer melhor o bebê aumentando ainda mais a relação mãe-filho/pai-filho. 

Passo 1: Sente-se no chão, mantenha as costas apoiadas na parede e as pernas esticadas. Aqueça suas mãos em água morna ou friccionando-as com um pouco de óleo vegetal puro (isso ajudará a deslizar a sua mão pelo corpo do seu bebê, mas não coloque óleo demais, ok). Cada movimento deve ser repetido de três a dez vezes no máximo. Deslize as mãos espalmadas, devagar e com calma do centro do peito do bebê para as axilas e do centro do peito para os ombros.

Passo 2: Com as mãos em X, deslize (sempre devagar e com calma) uma mão do peito para o ombro esquerdo e a outra do peito para o ombro direito.

Passo 3: Envolva o braço do bebê com a mão, formando uma espécie de bracelete, e vá do ombro em direção ao punho.

Passo 4: Abra a mãozinha do bebê com seus polegares, indo desde a palma até os dedinhos.

Passo 5: Deslize toda a mão pela mão do bebê.

Por hoje é só.
Continuaremos a aula amanhã, oK!


Fonte: Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário